50 ensinamentos do Dr. Daisaku Ikeda

50 ensinamentos do Dr. Daisaku Ikeda

“Qualquer que seja a questão ou o problema, a chave da solução se encontra nos escritos de Nichiren Daishonin. Vamos estudá-los com afinco e profundidade, e comprovar o princípio da “prática da fé é a própria vida diária”! Aí está o caminho da vitória.”

“A família é um porto de segurança e de esperança necessário na vida. É uma fortaleza de felicidade e de paz; um ambiente para se revitalizar, recarregar as baterias todos os dias (…) um castelo de harmonia e crescimento”

“Contudo, pertencemos à família Soka. Estamos ligados pelo laço de vida mais profundo e belo de todos — nosso juramento do ‘tempo sem início’. Em nossa família de criação de seres humanos de valor, um compartilha as adversidades do outro, um enaltece o crescimento do outro; os membros se unem para vencer dificuldades e se estimam”

“Residindo na localidade, Daishonin manteve contato direto com o sofrimento do povo desabrigado e sentia profunda dor em seu coração ao ver as pessoas vagando pelas ruas sem destino, com fome e ferimentos pelo corpo. As mães, com seus filhos chorando no colo, caminhavam desorientadas e sem rumo.”




“A crença tem uma grande influência na vida. Se uma pessoa acredita num mau elemento pensando ser um amigo e andar com ele, acabará caindo no caminho do mal. O problema é muito mais grave quando se trata de religião, porque ela forma a base do modo de pensar e viver das pessoas.”

“A crença numa religião errada pode turvar a mente, torná-las vítimas de seus instintos e roubar-lhes inclusive a vitalidade”

“Qual é o modo mais seguro de transformar a sociedade assolada pelos infortúnios e sofrimentos e estabelecer a paz na terra? Nichiren sustenta que esse processo se inicia com a ação de uma pessoa estabelecer a verdade em seu coração”

“O diálogo é o eterno e imutável espírito do budismo. Lançar diretrizes de cima para baixo não é diálogo. O diálogo surge quando abrimos o coração, percorremos juntos o caminho da vida e trabalhamos em conjunto.”

“Como é importante conversarmos com as pessoas, engajando-nos em diálogos! Armados de paciência e trajando o “manto da cortesia e da tolerância”, vamos sempre insistir em falar com os outros com uma voz clara e vibrante. Vamos dialogar de forma calorosa e alegre. Vamos realizar diálogos que inspirem e incentivem; diálogos transbordantes de filosofia, pois são esses diálogos que abrirão o caminho para um mundo realmente mais humano. E vamos nos empenhar ao máximo para ligar esses diálogos à contínua vitória do nosso movimento.”



“O diálogo é a única atividade humana que cria uma família brilhante e calorosa. Como seria maravilhoso se essa atividade, iniciando-se no lar, propagasse suas ondas pela sociedade! Tenho plena convicção de que o diálogo é uma forma concreta para colocar o princípio de shikishin-funi, unicidade de corpo e mente, em prática.”

“O som da coragem; a música da vitória. A sinfonia da esperança. Recitar Nam-myoho-renge-kyo é reger o próprio destino; é ativar em você a orquestra da felicidade absoluta”

““A voz executa o trabalho do Buda” [OTT, p. 4]. Nesse mesmo trecho, ele conclui: “Eis nossa poderosa arma— o diálogo sincero, o rugido corajoso do leão.”

“Toda sensei dizia constantemente: “O futuro cabe a vocês, jovens. Conto com vocês!” Sinto exatamente o mesmo hoje. Se os membros da Divisão dos Jovens, os sucessores do kosen-rufu, firmarem um juramento, mantiverem-se leais a ele e cumprirem-no não obstante o que aconteça, a Soka Gakkai prosseguirá triunfando e prosperando eternamente.”

“É justamente desafiando e vencendo as dificuldades como mortais comuns que podemos demonstrar a grandiosidade da Lei Mística”




“Ser vencido pelos sofrimentos e viver lamentando é viver agrilhoados ao nosso destino. Quando enfrentamos diretamente nosso sofrimento somos capazes de transformá-los em missão. Tudo depende da nossa determinação”

“A ação de polir é indispensável para restaurar a propriedade intrínseca do espelho. Mas não basta poli-lo uma única vez. Devemos fazê-lo regularmente, se quisermos conservar sua propriedade refletora. Como essa metáfora mostra, a recitação do daimoku é uma prática para extrair o brilho da nossa vida, remover o “pó da ignorância” e intensificar a luz da nossa natureza iluminada da Lei”

“Agindo assim, ninguém se iguala às pessoas que recitam daimoku constantemente. Por mais difíceis que sejam os desafios enfrentados, permaneceremos invencíveis se ativarmos poderosamente nosso estado de buda interior com a recitação do daimoku. Não há ninguém mais admirável que os integrantes da nossa organização, que se empenham, como devotos do Sutra do Lótus, pela própria felicidade e pela felicidade das outras pessoas”

“A grandiosa revolução humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e, além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade”




“Deixar registrada uma biografia que expressasse a verdade sobre o meu honrado mestre era um juramento que tinha feito desde a minha juventude. Isso porque eu havia determinado dentro de meu coração que era a minha missão como discípulo propagar ao mundo o grandioso empreendimento do mestre. É também porque, sem a transmissão do verdadeiro espírito do mestre, que deu a vida pela propagação do verdadeiro budismo, não seria possível a transmissão da herança do budismo para o futuro. Além disso, eu tinha a convicção de que o fato de deixar por escrito o registro de uma grandiosa revolução humana de um único homem, como foi a própria existência do mestre, tornaria possível a milhares de pessoas conseguirem desbravar o caminho de suas próprias revoluções humanas”

“Avançando lado a lado, juntos mais uma vez hoje,com esperança e ânimo elevado, todos vocês certamente são budas.”

“Aqueles que possuem entusiasmo, vigor e uma profunda consideração pelos outros sempre atrairão muitos amigos”

“Como praticantes do Budismo de Daishonin — o budismo da verdadeira causa que destaca a importância de avançar a partir do momento presente — cada novo dia é o eterno ponto de partida do tempo sem começo.”




“Algumas pessoas causam a própria queda com sua arrogância, ao passo que outras são derrotadas pelo medo ou pela covardia. O sucesso e a vitória verdadeiros na vida pertencem àquelas pessoas que mantêm um persistente espírito de procura e uma coragem invencível até o fim.”

“A compaixão é a essência do budismo. Porém, em nossos esforços reais como pessoas comuns, ela se manifesta por meio da coragem e da sabedoria. A coragem é essencial. E a própria fé é a coragem em sua expressão mais grandiosa. Espero que todos sejam pessoas corajosas.”

“A força para a vitória flui de nossa determinação e da oração para pagarmos as dívidas de gratidão que temos com nosso mestre.”

“Os seres humanos possuem força e potencial incríveis. Sendo assim, como é magnífico o poder que conseguimos manifestar em nossa vida como pessoas que têm fé no Gohonzon! Se orarmos com toda sinceridade e realizarmos esforços dedicados, conseguiremos sem falta resultados positivos. O Budismo de Daishonin é realmente maravilhoso. Cada um de nós possui uma profunda missão.”

“Para o bem da sociedade e a felicidade das pessoas, é preciso que a verdade e a justiça triunfem. Também é por essa razão que temos de vencer em nossos empreendimentos. Vamos nos empenhar mil vezes mais que antes!”




“São os jovens que mudarão o mundo. No que diz respeito ao futuro, devemos confiar tudo aos jovens. Aí está a importância de incentivarmos os jovens e de lhes proporcionarmos oportunidades para assumirem a responsabilidade em nosso movimento.”

“Independentemente dos obstáculos ou dificuldades que enfrentarmos em nossos esforços para concretizar o Kossen-rufu com base na fé, nós com toda certeza conseguiremos vencê-los. Devemos ter a inabalável convicção de que as dificuldades são na verdade oportunidades, que elas nos proporcionam a possibilidade de transformar nosso carma e construir uma sólida base para a vitória na vida. E devemos continuar avançando com uma fé corajosa embasada nessa convicção, permanecendo no caminho para a vitória total, o caminho da Lei Mística.”

“Não há nenhuma necessidade de serem influenciados pelos altos e baixos da vida. Lembrando-se da mensagem de Daishonin de que “o inverno sempre se torna primavera” (WND-1, pág. 536), orem com toda seriedade e tomem a decisão de superar o desafio atual com total convicção na suprema vitória.”

“Daishonin incentiva constantemente seus discípulos a terem total convicção e a continuarem se empenhando com coragem e com uma fé inabalável até terem conquistado a eterna vitória. Ele escreveu estas palavras: “Empenhe-se na fé, torne-se devoto do Sutra de Lótus e continue sendo meu discípulo pelo resto de sua existência” (Os Escritos de Nitiren Daishonin, vol. 5 [END-5], pág. 252) e “Mantenha a fé no Sutra de Lotus” (Ibidem, pág. 65).”

“Eu continuarei lutando até vencer! Vou perseverar e triunfar no final!” — se seguirmos em frente com essa invencível determinação, nossa vida será enfeitada com honras incomparáveis.”



“Peço que deem passos nunca antes vistos no Kossen-rufu em cada localidade e região, orando e unindo-se, e compartilhando assim de um forte comprometimento.”

“Ser uma pessoa que recebe a ampla confiança e respeito dos outros, ser um discípulo que seria louvado por nosso mestre — esse é o espírito essencial do budismo. No entanto, ser elogiado por nosso mestre não significa buscar o elogio num nível transitório e superficial. No mundo do Budismo de Daishonin, os mestres enaltecem aqueles que fazem da relação de mestre e discípulo a base e o âmago de sua vida. Os mestres aplaudem aqueles discípulos que, embora não estejam sendo observados, compartilham de seu sentimento e se empenham com toda sinceridade em prol do Kossen-rufu. É por esse caminho que eu tenho seguido. Foi por isso que consegui sobreviver às mais terríveis tempestades de perseguições e venci. Eu triunfei em todas as batalhas junto com o Sr. Toda.”

“A oração é nossa maior força. Nossa determinação no momento presente determina o futuro. São as batalhas e os desafios que tornam a vida interessante.”

“Gostaria que cada um de vocês tivesse um objetivo que lhes permitisse avançar e vencer, que faça com que conquistem a vitória para si e para seus familiares também — para que possam proclamar alegremente seu triunfo.”

“Não há nada pior do que aqueles que nada fazem e apenas ficam criticando os outros — e, além disso, pensam ilusoriamente que são muito espertos. Verdadeiramente dignos de respeito são aqueles que dão mesmo que seja um único passo de avanço, promovendo o Kossen-rufu e abrindo o caminho por seus próprios esforços.”




“Se simplesmente fizermos o que os outros nos disserem para fazer e resistirmos à mudança, permitindo que prevaleça uma atitude passiva e que não gosta de complicações, não poderemos esperar que haja progresso nem criatividade. Isso é algo que devemos evitar com todo cuidado.”

“Um ser humano que possui apoio é forte; ele não é derrotado. Principalmente, se lutar com o apoio de um “bom amigo”, pode sobrepujar quaisquer tempestades de provações e fazer desabrochar as flores da vitória e da felicidade. O ideograma que representa a palavra “incentivo” significa “estender uma força de dez mil” ao outro. O diálogo sincero é o mais desprovido de vaidade, capaz de unir mais fortemente o coração das pessoas e aprofundar e espalhar ainda mais as raízes da confiança.”

“Os senhores, que abraçam a suprema Lei Mística e que vivem pelo ideal da paz mundial, são possuidores de sublime missão. Não tenham nenhuma dúvida de que as funções celestiais os protegerão. Sejam quais forem as dificuldades e os obstáculos, não há como deixarem de triunfar. Cada qual, sem exceção, desfrutará uma vida de felicidade – o propósito de nossa prática budista diária.”

“Por favor, estejam convictos de que a ampla propagação da Verdadeira Lei conduz à verdadeira prosperidade em nossa comunidade e na sociedade e à realização da paz duradoura. Os diamantes, entretanto, em seu estado bruto não passam de pequenas pedras semelhantes a pedaços de vidro semitranslúcido. Somente depois de lapidados e polidos é que revelam o brilho interior.”




“A escuridão da época é densa e profunda. É por isso mesmo que a benevolência do budismo resplandece e a sabedoria do budismo se torna clara. Nossa prática nos permite extrair plenamente a força do budismo que elucidou a certeza da iluminação de todas as pessoas. Onde existe uma firme e resoluta fé, sem falta existe a possibilidade do renascimento tanto de si próprio como dos outros.”

“A vida de uma pessoa não é de forma alguma frágil nem desprovida de forças. Pelo contrário, a vida de cada pessoa oculta a potencialidade do tamanho do grande universo. Esta Torre de Tesouro da vida não se abala diante de quaisquer dificuldades e não é destruída por ninguém.”

“Por favor, haja o que houver, recitem o Nam-myoho-rengue-kyo e façam brilhar o infindável brilho da boa sorte e da reconstrução a partir de sua vida, no exato local onde se encontram, tal como o sol do alvorecer acaba com a escuridão. As pessoas que enfrentaram e ultrapassaram o mais rigoroso inverno são as que conquistarão a maior vitória da gloriosa primavera de alegrias.”

“‘Nada se obtém sem esforço; tudo se pode conseguir com ele’ — essas palavras de Ralph Waldo Emerson, famoso escritor e poeta norte-americano, sugerem que o esforço é a fonte de todas as conquistas. Jossei Toda incentivava os jovens dizendo: ‘Gênio é sinônimo de esforço constante’.”




“Se evitarem todos os esforços e buscarem conforto e tranquilidade, seu espírito enfraquecerá e se estagnará. Não tenham uma vida vazia e insignificante. Dediquem-na ao mais elevado bem, a cumprir sua missão, a cumprir também com a responsabilidade que lhes foi confiada. Assim é nossa fé. Assumindo esse desafio, conduzimos uma vida de ilimitada esperança, realização e criação de valor.”

“No exato momento em que decidimos transformar o ambiente em que vivemos e iniciamos uma poderosa e ressoante recitação do Nam-myoho-rengue-kyo e uma ativa prática de Chakubuku, nosso eu e o ambiente passam por uma mudança extraordinária.”

“A fé correta é a base da vitória. A pessoa que persevera na recitação da Lei Mística é a mais nobre e a mais forte. Assim, ao se empenharem resolutamente para evidenciar o poder da fé e o poder da prática, poderão manifestar o imensurável e ilimitado poder do Buda e o poder da Lei em sua vida. Antes de tudo, e em qualquer momento, recitem Daimoku. O Daimoku é a mais suprema força motriz para resolver todos os tipos de questões e não serão derrotados por nenhum tipo de adversidade.”




“O budismo é um ensinamento de benevolência. Quanto mais oramos diante do Gohonzon e nos empenhamos em prol do Kossen-rufu, maior deve ser nossa capacidade de ter consideração pelas outras pessoas e de sentir empatia por seus sofrimentos. Além disso, aqueles que sempre se lembram de incentivar e de expressar sua consideração pelos companheiros terão uma vida vibrante de crescimento pessoal e realização.”

“A amizade feita de coração a coração impede as fissuras das sociedades nas quais as diferenças muitas vezes se inclinam para a exclusão. Vamos nos esforçar para manter essa amizade como sinal da nossa humanidade, se quisermos evitar que os laços de empatia se desatem por uma cultura de guerra, por um turbilhão de ódio e violência.”

“A transformação da consciência interior ou do estado de vida de um indivíduo está intrinsecamente ligada ao florescimento do espírito poético. Uma expansão desse estado interior da vida encoraja a empatia em relação aos outros e fortalece o desejo de contribuir para a sociedade; ela faz surgir das profundezas da própria vida o ‘sol’ da sabedoria e da benevolência. A luz desse ‘sol’ é a do respeito à dignidade humana e à dignidade de toda forma de vida, e pode ser desfrutada igualmente por todos.”

Envie seu comentário