Diferentes corpos, uma única mente (itai doshin)

Diferentes corpos, uma única mente (itai doshin)

Aqueles que recitam o Nam-myoho-rengue-kyo são ainda uma pequena parcela da população mundial. Como pode um número reduzido de pessoas atingir o grande ideal do Kosen-rufu ou a paz mundial? Nichiren Daishonin nos apresenta a chave em uma de suas escrituras. “Se itai doshi – diferentes corpos, unos em mente – prevalece entre as pessoas, todas as suas metas serão alcançadas. Enquanto que, com dotai ishin, falharão em realizar qualquer coisa”.

“Os mais de três mil volumes das literaturas confuciana e taoísta estão repletos de exemplos. O rei Chou de Yin conduziu setecentos mil soldados a uma batalha contra o rei Wu de Chou com meros oitocentos homens. O exército do rei Chou, contudo, perdeu por falta de união defronte da unidade dos homens do rei Wu. Mesmo um único indivíduo com propósitos contraditórios consigo mesmo é certo terminar em falha. Mas uma centena ou um milhar de pessoas unidas em espírito certamente têm sucesso”.

“Os japoneses são muitos em número, mas o espírito divisório destrói sua habilidade de realizar algo em comum. Em contraste, Nichiren e seus seguidores são poucos em número, mas por agirem em itai doshin realizarão sua grande missão de propagar o Sutra de Lótus. Muitos fogos enfurecidos são debelados por uma única chuva e muitas forças más são vencidas por uma única grande verdade. Assim são Nichiren e seus seguidores”.

Itai

Itai significa “diferentes corpos” e doshin, “uma única mente”. Portanto, itai doshin quer dizer “diferentes pessoas com um mesmo objetivo”. Em essência, esse princípio ensina que diferentes pessoas profundamente relacionadas por um mesmo ideal podem realizar muito mais do que o mesmo número de indivíduos trabalhando separadamente para fins puramente particulares.

Itai, refere-se à individualidade. As pessoas diferem em caráter, capacidade, experiência de vida, valores e em muitos outros aspectos. Ninguém é exatamente igual a uma outra pessoa. Essa individualidade está tão profundamente enraizada que qualquer tentativa de unir as pessoas à força acabará em falha e em divisões.

O Budismo

O Budismo de Nichiren Daishonin preza profundamente as diferenças individuais e ensina que todas as pessoas podem atingir o estado de Buda sem mudar suas características.

“Única mente” ou único objetivo, não significa que todos devem ter as mesmas opiniões, os mesmos pensamentos e gostos, mas refere-se à fé comum no Gohonzon e ao compromisso com a realização do Kosen-rufu, tarefa esta legada pelo próprio Buda Nichiren Daishonin a todos os seus seguidores. Essa não é uma união temporária e superficial por ser embasada na Lei Mística. Nada poderá obstruir ou dividir as pessoas unidas por esse vínculo. Quando cada um acalentar o ideal do Kosen-rufu e orar sinceramente para a sua realização, as grandes virtudes se manifestarão. O ritmo da vida de cada pessoa se entrelaça com o de outras formando uma harmoniosa sinfonia com seus ricos e diferentes acordes.

Em sua proposta “A paz pelo diálogo: É tempo de falar — Uma cultura de paz”, o presidente da SGI, Daisaku Ikeda, disse a esse respeito: “O espírito humano é dotado da habilidade de transformar até as circunstâncias mais difíceis, acrescentando valores e significados cada vez mais enriquecedores. Quando cada pessoa levar essa ilimitada capacidade a florescer plenamente. Quando cidadãos comuns se unirem num compromisso com a mudança positiva. Há de surgir, como um culto da paz, um século da vida”.

Conclusão

O princípio de dotai ishin, mencionado no início, é o oposto de itai doshin. Esse princípio indica a diferença de objetivos e intenções das pessoas embora aparentemente demonstrem estar unidas. Aplica-se a um grupo de pessoas e a um indivíduo também. Por exemplo, uma pessoa indecisa, com pensamentos contraditórios e cheia de dúvidas encontra-se em dotai ishin consigo mesma e jamais conseguirá realizar seus objetivos.
Com esses dois princípios, itai doshin e dotai ishin, Nichiren Daishonin ensina a importância de respeitar e prezar as características individuais. E mostra-nos como as pessoas podem atuar harmoniosamente para conseguir a grande meta da paz mundial.

Envie seu comentário