Exemplos de pessoas que fazem a diferença

Exemplos de pessoas que fazem a diferença

Quando perguntaram a um líder da organização de Kansai, no Japão, qual era o segredo de suas contínuas vitórias, ele respondeu que era a resposta imediata. Todas as vezes que o presidente Ikeda solicita-lhes algo, eles respondem imediatamente, sem pensar na dificuldade da tarefa.

Ao analisar esse exemplo, pode-se concluir: primeiro, para uma pessoa entrar em ação, ela precisa estar motivada. No caso da organização, o que motiva a ação de seus integrantes é o sentimento que os une ao presidente Ikeda e ao ideal do Kossen-rufu.

Segundo, a resposta imediata. Muitas pessoas param para pensar na dificuldade do empreendimento — como fazer, de que modo fazer, o tempo disponível etc. Isso parece aumentar ainda mais o grau de dificuldade da meta estabelecida. O medo e a insegurança também podem ser um grande empecilho para se realizar algo. Quando esses sentimentos são maiores do que a motivação, as pessoas sentem-se paralisadas.

As pessoas que fazem acontecer, não ficam questionando ou medindo as dificuldades. Caso contrário, dificilmente chegariam a grandes resultados.

Você pode gostar também

A ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2004, Wangari Maathai, liderou o Movimento Cinturão Verde, de mulheres comuns que plantaram milhares de árvores para evitar a desertificação das montanhas do Quênia, na África. Se ela parasse para pensar na grandiosidade de seu empreendimento, certamente acharia impossível realizá-lo. A partir do momento em que teve a idéia, pensando no bem das futuras gerações de seu povo (motivação), ela imediatamente começou sua campanha, que hoje já ultrapassou as fronteiras de seu país.

O terceiro ponto que se pode concluir é que essas pessoas não começam realizando algo grandioso ou complicado. Suas ações são simples e locais, realizadas no dia-a-dia. Mas com sua iniciativa, ocorre uma mudança ao seu redor e até em sua cidade ou país.

Envie seu comentário