Transformar não é melhorar

Transformar não é melhorar

A prática budista é para TRANSFORMAR, não é para melhorar. Nesse contexto, transformar é mudar a partir da raiz, ou seja, de dentro para fora. Melhorar é se adaptar ao ambiente, ignorando o próprio coração. Nesse caso, a vitória não é absoluta, pois não é total e não será duradoura. Afinal, se o ambiente mudar, o resultado muda também.

Transformar de dentro para fora

Transformar a partir do coração é entrar na batalha convicto da vitória. Quando essa condição é genuína, a pessoa se sente na condição desejada, antes mesmo de alcançá-la.

Tudo começa no coração

Para saber qual será o resultado de uma batalha, observe como ela “começa”. O CORAÇÃO é o início de qualquer jornada. Sabedoria é SABER que a vitória absoluta é conquistada primeiro no coração.

O coração é o que importa

A forma como você se sente agora, é o resultado futuro. Se você se sente um perdedor, o resultado é derrota. Se você se sente vitorioso, o resultado é vitória.”

(Os Encantos da Filosofia Budista – Para Iniciantes, BS 2098, pág. A6)

Envie seu comentário